Próximo Capítulo

Para quem segue a página de Facebook, já perceberam que me juntei a um novo projecto literário que está agora a nascer. escrevi este pequeno texto de apresentação que agora vos deixo e estejam à vontade para visitar a página, “likar” e conhecer os meus colegas (que modéstia à parte escrevem muito bem. Estejam atentos... Continue Reading →

Anúncios

Desnecessário

Chegaste de rompante. Tu dizes que não, que há muito te fazias chegar.. Mas eu não tinha dado conta e então, para mim, foi de repente que apareceste. Chegaste e impuseste a tua presença. Eu tentei escapar. Esperneei e recuei numa tentativa atrapalhada de não te deixar aproximar mais. Mas tu fizeste questão de transpor... Continue Reading →

A saudade sabe bem

A saudade sabe bem quando a sinto por ti. Foi tão bom ter-te vivido. Saborear a dor que penetras em mim é apenas o preço que pago por ter burlado o diabo com uma alma que eu já não tinha, por antes ta ter oferecido. E agora que ma devolveste, com resquícios do cheiro impregnado... Continue Reading →

A falta de nexo que me fazes sentir

Gostaria de te deixar mais confortável mas é no desconforto que eu durmo melhor.. Tenta entender. Não é de insónias que eu sofro, é de solidões. E por mais que eu queira deixar-te livre no teu espaço, é confinada aos teus abraços que saboreio liberdade. Não quero que me dês nada, antes prefiro dar-te o... Continue Reading →

Enjoy The Ride

Às vezes complicas o que podia ser complicado mas que ainda não o era, e assim perdes o saborear das simplicidades - que, naturalmente, se complicariam mais tarde, mas que seriam tão simples de descomplicar quando essa altura chegasse. E feitas as contas e noves fora, ficas em saldo negativo contigo mesmo. Deves-te todas as... Continue Reading →

Deixa-me

Mas até lá… deixa-me estar. Deixa-me a tentar recuperar sozinha a paz que um dia saboreei contigo. As feridas por sarar ainda se inflamam sob o álcool do teu perfume e é escusado sublinhar na minha memória o quanto o meu mundo encolheu sem a tua presença. Essa insistência em me fazeres testemunhar a tua... Continue Reading →

Clube dos voyeurs

Prontamente servi mais um copo de vinho à VickyM que me retribuiu com um belo sorriso. Estávamos ao calor que emanava da lareira e ao som de Pearl Jam a ver as fotos da festa de fim de ano da Família 69. Já estávamos nisto à uns bons minutos, distraídos e embalados com os risos... Continue Reading →

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑